quinta-feira, 31 de julho de 2014

Corte e costura: Luminosidade do ateliê de costura.

Corte e costura: Luminosidade do ateliê de costura.
Planejar a luminosidade no cantinho da costura é essencial para se ter um bom conforto e visibilidade enquanto se trabalha. Fique atenta as dicas deixadas abaixo:
LUZ NATURAL. A luz do dia é essencial para cortar, costurar e combinar as cores. O local mais indicado para a mesa de corte é junto de uma janela, mas de forma que a sombra do seu corpo não se projete sobre o tampo. A máquina de costura deve ser colocada próxima de uma janela, de preferência perpendicularmente a esta, de modo que a luz incida sobre o trabalho.
A luz em excesso é por vezes tão prejudicial como a luz insuficiente. A colocação de persianas numa janela atenuará a claridade ofuscante dos dias de verão.

ILUMINAÇÃO. A luz artificial deve iluminar generosamente as zonas de trabalho e deixá-las livres de sombras. Para a iluminação do teto, é preferível utilizar luz fluorescente em vez de lâmpadas comuns, pois, num espaço amplo, ela difunde a luz mais uniformemente. (Repare, no entanto, que a luz fluorescente pode alterar as cores; as lâmpadas «luz do dia» dão uma luz neutra que permite harmonizar cores com grande rigor.) Focos de luz direta ajustáveis são indicados para trabalhos de acabamento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário