sábado, 9 de agosto de 2014

Corte e costura: Como passar a ferro o tecido para costura.

Corte e costura: Como passar a ferro o tecido para costura.

O ferro é pressionado sobre a superfície, levantado, pressionado sobre a parte seguinte, levantado novamente, pressionado, levantado, etc. Empregue apenas uma leve pressão, deixando que o peso do ferro acame a superfície sobre a qual está pressionando. Não repita a operação sobre a mesma zona: o tecido pode danificar-se e ganhar brilho. Procure utilizar a ponta do ferro, em vez de toda a superfície da sua base.

Alise e endireite cuidadosamente o tecido antes de começar. Se tiver de levantá-lo enquanto trabalha, faça-o com as duas mãos para evitar amarrotá-lo. Tenha o cuidado de retirar os alfinetes antes de passar a ferro, já que estes podem danificar o ferro e deixar marcas no tecido. Como mesmo as linhas podem deixar marcas, o ideal será retirar também os alinhavos. Como alternativa, pode fazer uma leve passagem a ferro com os alinhavos e uma segunda, definitiva, sem estes.

Passe a ferro à medida que a costura for progredindo. Se houver pences, passe-as antes das costuras laterais. Passe estas antes das bainhas. Se duas carreiras de pontos se cruzam, abra a primeira costura a ferro antes de costurar a segunda. Não passe a ferro definitivamente qualquer prega ou vinco antes de ter provado a peça de vestuário.

Como regra, passe sempre sobre o avesso do material, exceto no caso dos tecidos de algodão, que podem ser passados indiferentemente do direito ou do avesso. Ao passar pelo direito tecidos de lã, coloque sobre estes um pano de lã tipo flanela ou sarja - que deve ser umedecido quando se passa com ferro que não seja de vapor - e, por cima, algodão cru. As sedas são passadas pelo avesso.

Quando tecidos pesados são passados pelo avesso, as beiradas das margens das costuras, pences e outras áreas da peça de vestuário deixam marcas no direito. Para evitá-las, corte uma tira de papel de embrulho cerca de 5 cm mais larga do que a área a ser passada e introduza-a sob as margens das costuras ou pences antes de passá-las a ferro.

Para passar a ferro, é necessária uma certa umidade, dependendo do tecido a quantidade exigida. Como umidade demasiada pode causar encolhimento, o pano de passar a ferro deve estar apenas ligeiramente úmido. Molhe somente metade do pano, torça-o, dobre sobre a metade seca e passe a ferro com a metade úmida por cima. O ferro não deve estar tão quente que chegue a secar o pano assim que o toque.

O algodão pode ser passado com um ferro de vapor ou umedecido com uma esponja e passado com um ferro comum. O algodão necessita de ferro quente; o linho, de muito quente, e a maior parte dos tecidos sintéticos, apenas morno. A lã exige bastante vapor para ficar bem passada.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário