sexta-feira, 31 de julho de 2015

A Silhueta linhas principais empregadas na costura.

A Silhueta linhas principais empregadas na costura.
A silhueta.
As linhas principais de uma peça de vestuário são aquelas que formam a sua silhueta ou linha de contorno. Basicamente, todas as silhuetas são variações de duas formas bem conhecidas — o retângulo e o triângulo —, resultantes em grande parte da forma como a peça de vestuário se ajusta ao corpo. Podemos distinguir quatro tipos: justo, semijusto, ligeiramente solto e solto.

Uma peça de vestuário justa realça os contornos da figura. Quanto menos ajustada for uma peça de vestuário, mais despercebida passará a forma do corpo e mais dominante ficará a silhueta. O mesmo acontece quando há poucas costuras ou pormenores que façam desviar a atenção — o indicado quando pretender tirar o máximo partido de um tecido incomum. Também o tipo de tecido vai afetar a silhueta; um tecido armado, por exemplo, molda a forma da peça de vestuário; um tecido maleável tende a delinear e, portanto, a realçar a forma do corpo.

Também a moda tem influência sobre a silhueta. Épocas inteiras foram simbolizadas por uma determinada forma de vestuário.


Exemplo da Silhueta em retângulo.
A parte superior e a inferior apresentam sensivelmente a mesma largura. Um retângulo estreito, à esquerda, torna a silhueta mais esguia do que um mais largo. Ambas as formas podem ser modificadas por meio de costuras e detalhes.


Exemplo da Silhueta em triângulo.
A parte superior mais larga ajuda a compensar quadris largos, diminuindo também a altura. Uma base larga disfarça uns ombros largos ou uma figura em que a parte superior é volumosa. Quando exageradas, ambas se tornam deselegantes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário